O que você não deve importar

Como Importar Produtos: O Que Você Não Deve Fazer?

O que você não deve fazer no caminho sobre como importar produtos é divulgado neste post informativo. Leia isto antes de iniciar a importação.

Como importar produtossem dor de cabeça? O que não fazer no caminho da importação de produções americanas ou chinesas? Quais segredos para se consagrar num negócio de importação?

Existem muitas dicas em diferentes blogs sobre como importar produtos, mas poucas efetivas de verdade, capazes de tirar um vendedor do início da carreira para uma vida lucrativa no setor.

Para evitar distúrbios na sua vida de importador de produtos acompanhe dicas do que não fazer com relação ao trabalho de como importar produtos.

Como Importar Produtos: Não Fazer Dropship

Você já ouviu falar nisto? Dropship ocorre quando você anuncia a venda de um produto na internet, mesmo sem ter em estoque, e, diz ao comprador que a compra só chega em 30 ou 60 dias.

Neste tempo, você agiliza a compra internacional, encaminha para um redirecionador e registra a entrega à casa do verdadeiro comprador.

Isto até parece um bom negócio, não fosse o fato de estar proibido na lei por atrair tudo quanto é tipo de bugiganga ao Brasil.

Sem contar com as frustrações. Imagine se na compra internacional você cair num golpe e o comprador original não receber os produtos após esperar longos e “intermináveis” 30, 40 ou 60 dias?

Há muitos processos na justiça e vendedores praticantes de dropshipping presos porque não aprenderam a como importar produtos corretamente – não caia nesta cilada.

Não Comprar Direto dos Estados Unidos ou da China: Como Importar Produtos

Ao ver os preços altos das roupas americanas nas vitrines dos shoppings você logo pensa: “Eu vou importar direto da China ou dos Estados Unidos algumas para revender a valores mais baixos e faturar consideravelmente”.

De fato, o seu pensamento está certo, é sim possível lucrar ao seguir técnicas de como importar produtos tipos roupas para revender.

Mas, importar direto de Estados Unidos e China não soa como algo lucrativo, é muito imposto para comprar de lá para cá.

Mas, o que fazer? Simples, vale mais a pena comprar das lojas no Paraguai ou Peru, ou dos comércios nos municípios brasileiros próximos às fronteiras.

No final das contas é muito mais barato e você recebe a compra rapidamente.

Para saber mais dicas infalíveis para o sucesso nos procedimentos sobre como importar produtos e abrir um negócio de importação participe do curso Segredos Sobre Importação 3.0, de Samir Campos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *